O Método Montessoriano: Projetando as Primeiras Descobertas do seu Filho

Das inspirações decorativas às perspectivas pedagógicas, Maria Montessori nos ensinou a respeitar o ritmo de cada criança a partir de práticas educacionais e soluções de decoração


Você conhece o método montessoriano? Liberdade, autonomia e respeito ao desenvolvimento natural dos pequenos são algumas das premissas que orientam as perspectivas pedagógicas e os projetos criativos de decoração inspirados no método desenvolvido pela médica e educadora Maria Montessori (1870- 1952). A italiana marcou os estudos e as práticas sobre educação ao propor uma forma de ensinar que privilegia o desenvolvimento natural dos pequenos e o ritmo de cada um. O método tem sido utilizado em escolas por todo o mundo, desde o berçário até o Ensino Médio. Além disso, aplica-se em escolas especiais, clínicas de psicopedagogia e lares mundo afora. Essas inspirações abriram caminhos também para um novo modo de pensar e se relacionar com as criações decorativas no universo infantil para corresponder a um dos pilares desenvolvidos pela educadora: a importância de um ambiente preparado para cada criança.


Os contornos montessorianos surgem no quarto dos pequenos na hora de montar a cama e os móveis, instalar tapetes, barras e espelhos, além de organizar brinquedos e outros itens. Tudo é pensado de acordo com a altura, é preciso que as crianças alcancem o mobiliário e as peças para conhecer, interagir e aprender com elas. Sabe o que isto significa? Que o pequeno deverá circular livremente pelo quarto, explorando tudo o que está ao seu alcance e experimentando sensações, texturas, cores e sons.

Em entrevista jornal O Globo, há alguns meses, uma das sócias da Projeto de Gente, Fernanda Abondante, explicou: “O objetivo do quarto montessoriano é promover a autonomia dos pequenos, para que a criança cresça com mais independência, mas ainda é preciso monitorá-la com frequência. O ambiente tem que ser pensado de forma que a criança fique segura e livre ao mesmo tempo” (Leia mais: bit.ly/PGMontessori).

Veja algumas das nossas dicas:

AGENCIA ABACATEIRO - PROJETO DE GENTE - QUARTOS - ISABEL ALTA - QUARTO MENINA - MONTESSORI - RIO DE JANEIRO - BARRA DA TIJUCA - IPANEMA (132)projeto de gente sofia 4


Afinal, o que um quarto montessoriano tem de diferente?

Uma das principais características é a ausência de berço. A ideia é que a criança possa sair da cama e circular pelo quarto quando quiser. Por isso, no lugar do mobiliário tradicional usa-se um colchão no chão ou um futon em cima de um estrado. Para evitar que o bebê role enquanto dorme, o ideal é proteger a cama com almofadas ao redor.

Outros elementos que estimulem experiências sensoriais também são bem-vindos. Os espelhos, por exemplo, quando posicionados na altura da criança, estimulam o auto-reconhecimento e o conhecimento sobre os próprios movimentos. Para evitar acidentes, eles devem ser de acrílico e estar sempre presos à parede.

As barras fixas na parede também são uma boa ideia: elas ajudam a criança a se apoiar e a ficar em pé enquanto aprende a andar.

Outro recurso comum é o uso de tapetes. Além de protegerem os pés dos pequenos do frio, deixam a brincadeira mais confortável e segura e incentivam o desenvolvimento na medida em que levam as crianças para o chão e dão mais liberdade para os movimentos.

Uma outra forte característica é a valorização do espaço livre. O quarto montessoriano preza pela funcionalidade, então não há espaço para móveis e aparelhos que não tenham função. Assim como os espelhos e as barras, os móveis devem ter uma altura compatível com a da criança. Ao invés de armários, são usados nichos abertos, para que a criança possa pegar os brinquedos sem a ajuda de um adulto.

Outros objetos, como brinquedos e roupas, devem ser poucos e estar sempre ao alcance da criança. Um cantinho de leitura, com revisteiros, painel de desenho e mesinha, por exemplo, é super recomendado. Assim, a decoração ganha ares lúdicos e ainda estimula a criatividade e o poder de imaginação das crianças.

Como saber se o meu filho está desenvolvendo as habilidades adequadas à sua idade?

É importante ter em mente que o método montessoriano vai além das inspirações decorativas. Montessori propôs uma compreensão completa do desenvolvimento infantil, propondo a utilização dos recursos mais adequados para cada fase e, claro, para cada criança individualmente. Os “planos de desenvolvimento”, como Maria Montessori chamou, foram pensados de forma a acompanhar cada época da vida dos pequenos e a reconhecer certas necessidades e comportamentos específicos.

Sem deixar de considerar o que há de individual em cada criança, o método montessoriano permite traçar perfis gerais de comportamento e de possibilidades de aprendizado para cada faixa etária, com base em anos de observação.

Confira a tabela abaixo:

AGENCIA ABACATEIRO - PROJETO DE GENTE - IPANEMA - LEBLON - BARRA - INFANTIL - QUARTOS - MÓVEIS - MENINO - MENINO - MONSTESSORIANO 2

]<LINK PARA FACEBOOK E INSTAGRAM FACEBOOK>

Leave a Reply